O mérito de Raquel Trindade

Da esquerda para a direita: Dilma Rousseff, José Sarney, Marta Suplicy e Raquel Trindade.
.
O Projeto Calo na Mão e o Grupo Maracatu Bloco de Pedra, parabenizam a pesquisadora, folclorista e artista plástica, Raquel Trindade, que foi homenageada pela Ordem do Mérito Cultural no Palácio do Planalto, em Brasília, na segunda-feira (5/11).
.
No Dia Nacional da Cultura, a presidente Dilma Rousseff e a ministra da Cultura, Marta Suplicy, condecoraram artistas que contribuíram para a formação cultural do povo brasileiro. No total, 41 personalidades receberam as insígnias da 18ª Ordem do Mérito Cultural.
.
Filha mais velha do grande poeta negro, Solano Trindade, Raquel é conhecedora da história e cultura afro-brasileira e uma das maiores memórias vivas no Brasil.
.
18ª Ordem do Mérito Cultural
.
Nessa edição, o nome escolhido para ser reverenciado foi Luiz Gonzaga, no ano de comemoração do centenário de nascimento do “Rei do Baião”.
Uma das homenagens mais importantes do País, a Ordem do Mérito Cultural recebe indicações feitas pela população através de um formulário online ou pelos correios. Os nomes sugeridos são entregues a uma comissão composta por gestores das secretarias do Ministério da Cultura e por presidentes de diversas entidades vinculadas ao órgão. (Fonte: www.embu.sp.gov.br)
.
Raquel Trindade
.
Raquel Trindade de Souza, nasceu em 10 de agosto de 1936 em Recife, Pernambuco. Foi criada e registrada no Rio de Janeiro e mora em Embu das Artes/SP desde 1961. Filha de Maria Margarida da Trindade (terapeuta ocupacional) e Francisco Solano Trindade (poeta, pintor e militante do movimento negro). Antes de se dedicar as Artes Plásticas viajou por toda Europa como bailarina de danças folclóricas no grupo de seu pai, o Teatro Popular Brasileiro. Raquel é autodidata com exceção da gravura que estudou na Fundação Calouste Gulbenkian.
(Fonte: www.facebook.com/raqueltrindade.desouza)
.
Agradecemos à Raquel Trindade por tudo o que ela fez e por tudo que continua fazendo pela cultura popular, desenvolvendo e representando o papel de uma brasileira que acredita nas raízes culturais de nosso país.
.
Bloco de Pedra e Raquel Trindade
.
Em julho do ano passado tivemos o prazer de levar o Bloco de Pedra a Embu das Artes para participar do Festival Solano Trindade, organizado pela turma do Teatro Popular Solano Trindade – TPST. Brincamos maracatu com Raquel, que nos acompanhou durante todo o cortejo no município. E como amanhã é Dia Nacional da Consciência Negra, terça (20), fica aqui a nossa homenagem à essa grande mulher que é Raquel Trindade, a Kambinda!
.
Gustavo Nunes
gustavobnunes@gmail.com


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agenda Alves Cruz apresentação Baque Virado batizado blocodepedra Bloco de Pedra Bloco de Percussão caldinho de feijão Calo na Mão cineclube Circuito Cultural coco de umbigada Consciência Negra construção construção de instrumentos convenção Dia da Consciência Negra Escola Alves Cruz Festa Junina Grupo Quiloa guadalupe história Letras de Toadas Leão Coroado Maracatu maracatu.org.br Maracatu Bloco de Pedra Maracatu Leão Coroado Maracatu Nação Maracatu São Paulo Mestre Shacon Mestre Walter Nação Porto Rico Olinda parceiros do Bloco de Pedra Porto Rico programação Projeto Calo na Mão Quiloa Recife Santos Sessão Caldinho de Feijão Sábado São Paulo

Desenvolvido com WordPress
Sob uma Licença Creative Commons Créditos